Como está sua audição?

Audição

Como está a sua Audição?

Este questionário não tem o objetivo de diagnosticar ou afirmar que o problema da pessoa seja apenas uma perda de audição ou não, mas pode fornecer uma recomendação para procurar um otorrinolaringologista.

Se você tem ascendentes ou parentes próximos que possuem perda auditiva ou que se expuseram a sons intensos como, por exemplo: ter trabalhado muitos anos em ambiente muito ruidoso sem proteção, então você tem mais probabilidade de obter uma perda de audição com o passar dos anos, principalmente com mais idade.

Este questionário pressupõe que você não teve nenhuma situação traumática, doença, tenha se exposto ou tomado produtos ou medicamentos ototóxicos (que afetam o sistema auditivo), os quais, de alguma forma, tenham causado uma perda menos natural. A situação típica para a utilidade do questionário é a perda lenta e gradativa que se pode suspeitar que esteja ocorrendo ao longo dos anos.

Responda SIM ou NÃO as seguintes perguntas:

 

1. Você escuta as pessoas, mas tem dificuldade em compreender as palavras? Tenta compreender o discurso sem ouvir todas as palavras ou, muitas vezes, você ouve frases que não fazem sentido?

2. Faz um bom tempo que não ouve sons de pequenos animais como pássaros ou insetos? Tem estado em situações na qual você não notou algum tipo de som muito baixo que os outros ouviram e que você justificou que não estava prestando atenção?

3. Pede frequentemente para que as pessoas repitam o que disseram?

4. Quando você aumenta o som da TV ou rádio no nível que acha necessário para ouvir, as pessoas reclamam do volume?

5. Fica desconfortável em ocasiões sociais nas quais antes estava costumado a se divertir?

6. Amigos ou membros da família reclamaram que você está muito desatento ou “desligado”? E ainda, outros já sugeriram que você possa estar com alguma dificuldade de audição?

7. Você reclama que, hoje em dia tem mais pessoas que ficam murmurando ou falando muito baixo? Você procura falar alto pelo telefone, mas você acha que tem muito telefone ruim?

8. As dificuldades para ouvir lhe causam cansaço, ansiedade ou embaraço em situações novas?

9. Sente que, em função das dificuldades para ouvir, você reduziu a frequência de visitas a amigos e parentes?

10. Você sente que as dificuldades para ouvir podem estar prejudicando a sua vida escolar, social, familiar ou profissional?

Se a resposta para algumas perguntas for afirmativa, é recomendável procurar um médico especializado (otorrinolaringologista ou simplificadamente: otorrino) para uma avaliação mais detalhada.

OUVIR BEM É MAIS QUE SAÚDE, É QUALIDADE DE VIDA!

2 Comentários

  1. Aparecida Teodoro Da Silva disse:

    Ola Boa tarde , Gostaria de agendar um horário para que eu possa fazer meu exame , e levar meu aparelho para consertar , fico nom aguardo da resposta de Vocês Grato!!

    • laysom disse:

      Boa tarde, Aparecida.
      Para agendar um horário é só ligar para o numero 11 3596-4200, e um de nosso atendentes irá marcar o melhor horário para você!
      Obrigado pelo comentário.

Deixe o seu comentário!




 

*