Perda Auditiva


Perda auditiva, o ouvido

Uma pessoa que apresenta perda auditiva pode ter problemas no ouvido externo, médio, interno, nos nervos auditivos, no cérebro ou em várias destas áreas.

O ouvido externo capta as ondas sonoras que entram pelo canal auditivo até atingirem a membrana do tímpano, provocando uma vibração na membrana. No ouvido médio, três ossículos transferem a vibração para o líquido no interior da cóclea no ouvido interno. Este movimento atinge as células ciliadas da cóclea e é convertido em pulsos elétricos, que através dos nervos auditivos, alcança o cérebro, onde os sinais elétricos são decodificados e interpretados.

A deficiência auditiva atinge milhões de pessoas no mundo devido a uma série de fatores. Estes podem estar relacionados à idade, mas também podem ter como causa outros fatores como: a exposição prolongada a um ruído muito intenso, fatores genéticos (ascendência), entre outros. A evolução da perda auditiva pode ocorrer gradualmente e, muitas vezes, apenas nos damos conta de nossas dificuldades através da reação de outras pessoas em nosso círculo de convivência. Você pode responder algumas perguntas para ter uma noção maior de como anda sua audição.

O grau e o perfil da perda auditiva são medidos através de um exame denominado audiometria, que é realizado por um fonoaudiólogo. Esse exame é um importante componente para o fonoaudiólogo selecionar os aparelhos auditivos mais apropriados para cada caso.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!




 

*