Como eu escolho o meu aparelho auditivo?

A escolha dependerá de vários fatores. Deve-se levar em consideração o grau da perda auditiva, o perfil (gráfico) da perda auditiva, a anatomia do conduto auditivo, a presença de infecções de ouvidos recorrentes, a destreza manual, acuidade visual, sensibilidade do usuário, preferência estética, tipos de recursos desejados, etc. Existem produtos que a escolha é apenas do comprador. Mas, no caso de aparelhos auditivos, a escolha têm duas partes. De um lado o usuário e familiares – e, do outro a equipe técnica da empresa. Pela parte técnica, os fonoaudiólogos selecionam algumas possibilidades de aparelhos para a pessoa, considerando-se fatores da anamnese (entrevista) e dos exames. Pelo lado do usuário, além de considerar os fatores normais de qualquer produto, ele considera também os aspectos da adequação dos recursos em relação ao seu estilo, satisfação com o som, etc.

0 Comentários

Os comentários estão fechados.